redacao_oficial

Secretária e redação: casamento perfeito?

A comunicação, mais precisamente a comunicação de forma escrita, é de extrema importância para qualquer profissional de Secretariado que esteja ou não ingressando no mercado de trabalho. Não existe hoje nenhuma Secretária ou Secretário que não utilize a escrita como meio de comunicação em suas atividades nas organizações. Por isso, Secretária e redação é algo muito presente.

Algumas profissões exigem um grau maior de perfeição na escrita, como é na área jurídica, médica, jornalística e a Secretarial.

A Secretária, Secretária Executiva, Secretária Remota ou Secretários, tem que ter o domínio da língua portuguesa, de forma a enriquecer e de fazer entender os documentos redigidos. Assim como o comportamento do profissional de Secretariado deve ser impecável, a sua escrita também.

Não é difícil encontrar no mercado, profissionais que escrevam de qualquer jeito, que não tem a preocupação em saber se aquela frase tem coerência ou se aquele texto está coeso, ou até mesmo se a concordância verbal e nominal está sendo inserida corretamente. Fazem simplesmente por fazer e isso mancha a imagem do profissional de Secretariado, esteja ele trabalhando presencialmente ou em Home Office.

Em entrevistas de emprego, quando é solicitado ao candidato elaborar uma redação, não é apenas para avaliar a capacidade de raciocínio, de argumentação, a clareza das ideias, como também analisar o conhecimento da gramática.

O profissional de Secretariado precisa, no âmbito geral de sua profissão, ter firmeza em suas produções textuais, escrevendo bem, de forma clara, aplicando a gramática e a ortografia da maneira correta e com isso garantir um bom desempenho atrelando-se às demais atividades exercidas.

Secretariado: Qual a forma viciante e correta da escrita na redação oficial

A área administrativa, onde o Secretário ou Secretária atuam diretamente, é exclusivamente textual. São relatórios, atas de reuniões, e-mails, ofícios, memorandos, comunicações internas e externas, despachos, ou seja, uma infinidade de correspondências que são diariamente escritas e que precisam mostrar clareza, concisão, uniformidade.

Escritas como: “Presado”, “vamos estar mandando”, “iremos analisar, mais”, “solicito tbm que mim envie”, podem ser recorrentes entre os profissionais de Secretariado, ou por não possuir o hábito da leitura e escrever da forma que acreditam ser a correta, ou por se deixar levar pelo vício da linguagem das redes sociais.

De fato, a linguagem utilizada pelas redes sociais é uma forma viciante de escrita, é rápida, é prática e às vezes até de fácil compreensão, mas que detém um perigo enorme se for levada ao ambiente corporativo.

As organizações, ao buscarem os profissionais de Secretariado, visam além das habilidades habituais do profissional, um domínio da gramática em suas produções, que ajudem a passar a mensagem da maneira correta e adequada para cada situação.

Certamente, existem situações em que a escrita não necessita da formalidade na comunicação, mas que mesmo sendo escrita de maneira mais “popular” precisa ser redigida de forma correta.

É necessário e imprescindível que o Secretário, a  Secretária, o Secretário Executivo, a Secretária Remota, o Assiste Virtual ou a Secretária Executiva revise sempre suas produções. Existem inúmeros sites que auxiliam os profissionais em sua escrita, corrigindo a sintaxe, corrigindo a ortografia e que atuam de maneira gratuita. Indicamos o uso do corretor Priberam

Profissionais de Secretariado e redação: casamento perfeito sim ou não

Existe casamento perfeito? Pode ser que na vida não exista, mas no mundo corporativo, no âmbito administrativo ou até mesmo no Home Office, onde estão agregados os profissionais de Secretariado, o casamento, Secretária/Secretário e escrita precisa ser mais-que-perfeito.

Esse casamento não necessariamente tem que começar perfeito, mas ao longo da vida profissional o Secretário ou Secretária tem que buscar, de todas as maneiras, se destacar em sua escrita, em sua redação. A profissão exige.

A perfeição, aplica-se no sentido de que Secretárias Executivas e Secretários Executivos, até mesmo Secretárias Remotas e Assistentes Virtuais precisam demonstrar que dentre todas outras qualidades que lhes são atribuídas, a escrita, o conhecimento e até o domínio da gramática tem que ser e deve ser, inerente ao profissional.

Preocupar-se com o que vai ser escrito, da forma como será escrito, aquele e-mail ou aquele memorando, ou até mesmo a ata de reunião, deve ser o pensamento principal na hora que estamos elaborando os textos.

Se seu chefe ditou um texto para você redigir, digite e corrija. Corrija sempre. Sugira outras palavras desde que não mude o sentido da mensagem e na dúvida pergunte. Não há mal nenhum nisso.

Secretária e redação, você em ação

O que você faria se recebesse um e-mail escrito da seguinte forma:

“Presado Sr. Fulano de Tal, bom dia!

Estamos enviado pro senhor as mercadoria que mim foi solicitada na data de ontem. Informo tbm que vou estar mandando em anexo o boleto para pgmto da fatura que estar em aberto com a gente.

Ainda informo que o senhor tem um crédito de 35 reais, mais pode ser abatido da dívida.

Qualquer dúvida é só mim falar.

Atensiosamente

Fulana de Tal.”

Difícil de acreditar que alguém possa escrever assim, porém não é difícil de encontrar dentro da área secretarial.

E o que você faria se lê-se um e-mail escrito da seguinte forma:

“Prezado Sr. Fulano de Tal, bom dia!

Estamos encaminhando para o endereço da sua empresa as mercadorias que nos foram solicitadas na data de ontem.

Conforme solicitado, estamos enviando em anexo o boleto para pagamento da fatura que se encontra em aberto em nosso sistema.

Informamos que sua empresa possui um crédito de R$ 35,00 (trinta e cinco reais), que pode ser descontado da dívida.

Qualquer dúvida é só nos contactar.

Atenciosamente,

Fulana de Tal”.

Duas situações para a mesma mensagem, porém, escritas de maneiras diferentes, tendo o segundo texto, por estar escrito de forma correta e adequada, demonstrado mais credibilidade.

Espera-se do profissional de Secretariado que apresente a habilidade de uma escrita coesa, coerente, com a aplicabilidade correta da ortografia, da sintaxe.

Redação oficial – importante saber

Um texto escrito de forma errada, com gírias, demonstra um profissional despreparado, inexperiente. O profissional pode até, na área que atua, ser o melhor do país, mas se possuir uma escrita fraca e errada, muito provavelmente será aprovado em qualquer processo seletivo.

No mercado de trabalho, no meio corporativo é fundamental deixar de lado os vícios de linguagem, as gírias, a escrita viciante das redes sociais. Trazer para si, enquanto profissional de Secretariado, um comportamento gramatical condizente com sua profissão e isso requer muita leitura, requer praticar a gramática, organizar as ideias ao elaborar um texto, solicitar ajuda para a correção gramatical e ortográfica.

O que vai tornar essa união harmoniosa será o andar em conjunto, o trabalho em equipe, um dando a mão ao outro. Assim deve ser a relação, secretário e redação, um casamento perfeito e harmonioso.

Lidiane Silva

Secretária Executiva